flower3.gif (3003 bytes)

SHINPIDEN - O CAMINHO

Após receber o Grau III, o "caminho" vislumbra-se duma forma cada vez mais clara e com ele, surge o verdadeiro mestrado; com os cursos, os tratamentos, as sintonizações, com a responsabilidade de fazer do Reiki uma prática diária. Também, com o grande segredo do Reiki - Os Princípios - que tendem a ficar para segundo ou terceiro plano mas que são um instrumento precioso na nossa fusão com a Energia Rei.

Quanto mais cursos ministra, mais o Professor de Reiki se apercebe que o caminho do mestrado é longo. É um caminho de paciência mas sobretudo onde é necessário aplicar todo o amor, compreensão, humildade, compaixão e honestidade que esteja disponível ao Professor de Reiki, de encontro à sua maestria, individual, única.

A humildade é um dos traços que deve estar sempre presente na atitude do Professor de Reiki. Conseguir dizer "não sei" a uma questão levantada por um aluno, é mais digno de um Professor integro do que improvisar uma resposta, por orgulho. Nestes casos, é bom ter presente um dos Princípios do Reiki: "Só por hoje, sou bondoso para todos os seres" começando por nós próprios e pela nossa auto-estima.

O Professor de Reiki, não se coloca no lugar do Guia Espiritual ou do Guru, mas, simplesmente consciencializa-se de que aprendeu a passar os ensinamentos e a fazer as sintonizações; capacidades que estão ao alcance de qualquer pessoa pois o Reiki é um método simples.

A Fonte da Força Universal da Vida sabe que o verdadeiro mestrado reside dentro do coração de cada um e cabe a cada um de nós deixar essa Grande Luz brilhar com a intensidade que consideramos ser adequada.


© Copyright, Sandra Ramos e Jorge A. Ramos