flower3.gif (3003 bytes)

KI - ENERGIA VITAL INDIVIDUAL

O corpo de um ser vivo irradia calor e energia, sendo essa energia a Energia de Vida ou Energia Vital. Esta energia tem quase tantas designações quantas as culturas existentes; por exemplo, os Russos chamam-lhe Energia Bioplasmática, os Hunas da Polinésia chamam-lhe Mana, os Índios Iroqueses Americanos chamam-lhe Orenda, na Índia chama-lhe Prana, nos Países Islâmicos designam-na por Baraka e por Chi na China.

No Japão, a esta Energia Vital dá-se o nome de Ki (o kanji inferior da imagem à direita) e é essa palavra que em conjunto com a palavra Rei (o kanji superior da imagem à direita), que designa a Energia Vital Universal, forma o nome Reiki. Podemos assim, tentar definir duma forma simples, o Reiki como:

Um sistema que permite a qualquer ser vivo despertar dentro de si e ligar-se à Energia Vital Universal (Rei) para com ela harmonizar a sua própria Energia Vital (Ki), assim como a de qualquer outro ser vivo

logo.jpg (4934 bytes)

A Energia Vital Individual, Ki, é nutrida por intermédio de diversas fontes como o ar, a água, os alimentos e o sol. Mas a nutrição fundamental é o Amor. E a ausência de Amor leva a estados de desarmonia espiritual, mental e emocional que obstruem os fluxos naturais da Ki nesses níveis do Ser, com os reflexos negativos a nível físico, a que normalmente designamos por, doenças.

Quando a Ki deixa o corpo físico, a vida humana cessa.

O equilíbrio da energia Ki, é assim essencial para que o corpo físico tenha um funcionamento perfeito pois está constantemente a ser desequilibrado com angústias, depressões, pensamentos e atitudes negativas, alimentação incorrecta, preocupações excessivas, falta de autoconfiança, de amor próprio, entre muitos outros factores.

Porém, a Ki desgastada, pode ser harmonizada e equilibrada através da sintonia e veiculação de Rei (Energia Vital Universal), para o mundo físico, promovendo a melhoria da qualidade de vida em todos os níveis do Ser.


© Copyright, Sandra Ramos e Jorge A. Ramos