flower3.gif (3003 bytes)

REIKI "EXTRAS" - MANDALA DE CRISTAIS

Esta técnica tibetana foi introduzida nas práticas do Reiki, com o objectivo de desenvolver um fluxo contínuo de energia para que determinado objectivo se concretize, como por exemplo uma cura ou protecção, com a ajuda de cristais dispostos numa forma específica. Este método não faz parte dos ensinamentos originais de Mikao Usui.

Para criar uma Mandala de Cristais, são obviamente necessários alguns cristais. Caso se esteja a iniciar no maravilhoso mundo dos cristais, existe já muita literatura dedicada à selecção e cuidados com os mesmos, sendo aconselhável ler alguns livros para se sentir mais à vontade com o seu manuseamento e com a criação de uma relação com as pedras que vier a adquirir.

De qualquer forma e em traços muito gerais, uma vez tendo escolhido os seus cristais, é necessário limpá-los mergulhando-os em água e sal marinho durante 24 horas, para depois os passar por água corrente antes de os pôr a secar ao sol. Depois de secos, programam-se e purificam-se com o Dai-Ko-Myo (ou com o Sei-Heki e Choku-Rei caso seja praticante de Grau II), de modo a que a sua energia somente seja utilizada para o bem supremo da(s) pessoa(s) envolvida(s) na Mandala que for efectuar.

Encontre seguidamente um local, de preferência sossegado, para colocar a sua mandala de cristais.

ext_mandala.jpg (7629 bytes)

Decida então, o modelo que pretende usar para a mandala. Pode ser em forma de cruz, de pentágono (figura de cinco lados) ou outra de sua preferência. Alguns Mestres usam, um modelo de oito lados.

Uma vez tendo elegido o seu modelo para a Mandala, escolha os cristais que a vão constituir; dê uma atenção especial à Força Central ou Cristal Mestre que vai utilizar. Olhe bem para os seus cristais e deixe que um deles lhe "diga" que pretende ser o mestre da sua mandala.

Se a sua afinidade com as suas pedras ainda não permite estabelecer algum tipo de comunicação, escolha você o cristal mestre tendo em conta que este deve ser poderoso. Enquanto que as pedras constituintes do modelo podem ser de qualquer tipo (por exemplo quartzo rosa, ametista, ou outra), para o cristal mestre escolha por exemplo, uma pirâmide ou uma bola de cristal. Caso seja complicado conseguir um destes cristais, porque são caros ou difíceis de encontrar, escolha aquele que mais gostar para ser o cristal mestre da sua mandala.

Coloca-se então os cristais em pontos simétricos de forma a fazer o modelo escolhido, o qual poderá ter como diâmetro cerca de 30 cm. Caso utilize cristais laser (com uma ponta terminada) direccione as pontas para o centro da mandala.

De seguida, carregam-se os cristais com Reiki individualmente. Pode-se aplicar directamente o Reiki, em cada cristal, utilizando o método concha. O cristal mestre deve ser o último a ser energizado e a ser colocado no seu lugar, ou seja, no centro da mandala.

Depois, programa-se através duma oração, a mandala para o seu uso específico; pode ser por exemplo para uma cura, para protecção, para alcançar determinado objectivo, etc. Pode-se usar também, a fotografia da pessoa que necessita de cura ou protecção, ou escrever num papel a sua intenção, desenhando lá os quatro símbolos do Reiki. Exemplos:

"Estou perfeitamente protegido de qualquer energia dissonante"
ou
"A Sr.ª X é curada da doença Y em todos os nível do seu ser"
ou
"Encontro o emprego que serve o meu propósito supremo"

Seguidamente envia-se Reiki para toda a mandala de cristais fazendo ligações entre todas as pedras. Começa-se pelo exterior, no sentido horário e percorre-se todas as pedras até ao cristal mestre no centro. Pode-se continuar a afirmar a intenção enquanto se faz este processo, com cada pedra.

O Processo está concluído. Resta energizar a mandala de cristais, com cerca de 10 minutos de Reiki todos os dias, até que o objectivo se concretize. Após o envio diário, agradeça sempre aos Cristais e ao Reiki.


© Copyright, Sandra Ramos e Jorge A. Ramos