ONDE COLOCAR UMA CONSTELAÇÃO

 

Se nunca participou num workshop de Constelações, e mesmo com pouca leitura sobre esta terapia, certamente já deu conta de que estamos perante uma abordagem com múltiplas ramificações e implicações.

Por isso não se pense que todos os terapeutas trabalham da mesma forma. Alguns são mais ecléticos outros mais restritos, alguns são mais flexíveis outros mais conservadores. O que nos parece ser mais importante é o profissionalismo, a ética, a sabedoria e o amor com que se trabalha.

Por isso a resposta à questão «onde posso colocar uma constelação?» é: depende. Sugerimos que sejam colocadas algumas questões básicas mas essenciais, e.g. (de preferência presencialmente e olhos nos olhos):

Depois, ainda que as respostas lhe sejam satisfatórias e as certificações lhe sejam apresentadas, sugerimos ainda que antes de colocar a sua Constelação, participe num workshop (do terapeuta que elegeu) com o estatuto de «assistente». Observe o trabalho efectuado e lembre-se do que leu aqui:

Analize. Sinta. E só então, decida o que fazer: procurar outra pessoa ou efetuar a sua marcação. Colocar uma Constelação deve ser um ato sagrado - é um momento (que pode prolongar-se por mais de uma hora), onde o Ser se desvela, se expressa, onde é necessário estar atento à sua «linguagem silenciosa», onde se revela a multidimensionalidade e a pluri-expressividade do Amor.

Copyright